SJ TheDaily - шаблон joomla Форекс

Concerto: 1º Festival Rimas e Batidas @ Cinema S.Jorge

Tal como tínhamos já anunciado, o primeiro festival Rimas e Batidas teve lugar no cinema S. Jorge nos passados dias 3, 4 e 5 de Setembro.

Estivemos presentes no último dia de festival, que foi também o que contou com mais nomes do panorama do rap nacional. Com um line-up apelativo, esta foi sem dúvida a melhor forma de terminar o evento.

Após uma pequena introdução do jornalista e organizador Rui Miguel Abreu - que subiu ao palco com a promessa de que para o ano haverá mais - a noite começou com a ante estreia do videoclip oficial do tema “Tinta de Raíz” do rapper e produtor Slow J, seguindo-se uma actuação do mesmo, que provou a todos os presentes que merece um lugar de destaque nesta cultura. O público, composto por vários fãs de Slow J, fez questão de acompanhar o rapper ao longo das letras do seu EP “The Free Food Tape”.

 

De seguida, foi a vez da Astro Records dar cartas no S. Jorge, representada primeiro por Profjam e logo depois por Mike El Nite. Entre o “The Big Banger Theory” do rapper que se destacou na Liga Knock Out, e o “Vaporetto Titano” do rapper com uma das sonoridades mais únicas do panorama nacional, foram cerca de 90min em que, apesar de dois concertos distintos, dificilmente se separaram em palco. Como convidados, Profjam trouxe-nos Mag Boy e Phoenixx MG e Mike El Nite, acompanhado por Dwarf, trouxe-nos ainda o rapper L-Ali que já havia subido ao palco no dia anterior.

 

Seguiu-se a família Mano a Mano, numa actuação que uniu mais uma vez os rappers Blasph e Beware Jack que, para além dos temas já bem conhecidos de todos, presentearam ainda o público com temas inéditos do seu álbum colaborativo “ O Processo”, que tem data de lançamento anunciada para este ano. O convidado da dupla, MLK, acompanhou-os nas faixas "No Quarto dos Fundos" e "Luxo & Brincos d'ouro".

 

Para terminar a noite, subiu ao palco o rapper Prodígio, que foi surpreendido na sua primeira música com uma plateia reduzida, decidindo assim convidar todos os presentes a subir ao palco e juntar-se a ele e aos rappers Deezy e Monsta numa festa bastante animada, mas de duração curta. Foram apenas mais duas faixas por parte do rapper da Força Suprema, que de seguida abandonou o palco, dando assim por terminada esta primeira jornada do festival Rimas e Batidas.




Fiquem com o registo fotográfico por Andreia Peixoto.

Newsletter

Subscreve a nossa newsletter