Concerto: Alcool Club e Uno @ FLUL

Foi no passado em Lisboa e a Faculdade de Letras que tivemos a segunda edição das festas LX Rap Clandestino depois de um primeiro notável evento com os ORTEUM como cabeças de cartaz.

Nesta regresso à FLUL, a festa já conhecida pelas suas rodas de breakdance, open mic e sessões de freestyle tinha como cabeças de cartaz o coletivo de Sines, Alcool Club e ainda o rapper Uno proveniente da cidade Lisboa.

O ambiente era o mais propício e o público com toda a energia e disponibilidade pedida para a noite ter corrido de feição. E assim foi com a casa a lotar-se até à hora dos concertos com fãs de breakdance e curiosos a assistir às batalhas e performances exibidas por nomes bem conhecidos do nosso movimento no que toca aos b-boys e b-girls.

Pouco depois das 23 horas temos Uno em palco com uma atuação que o fez divagar pela sua variada discografia a revelar que apesar da sua idade, o seu nome é singular dentro do nosso movimento, assim como a sua experiência nunca o deixa ficar mal no que toca a performance ao vivo.

Os Alcool Club subiam a palco pouco depois da meia-noite com uma casa totalmente lotada a acompanhar as letras de alguns dos temas mais conhecidos e populares do coletivo de Sines que contou ainda com as presenças de convidados como Mass (membro dos ORTEUM), Subtil, Tom ou mesmo o próprio Uno.

A noite finalizou-se ao som de um DJ set de pilha, assim como das referidas e prometidas rimas em open mic e freestyles.

Nesta noite tivemos ainda a oportunidade colaborar pela primeira vez com Miguel Roque que ficou a cargo da reportagem fotográfica que partilhamos de seguida.

Texto por João Moura; Fotografia por Miguel Roque

 

Newsletter

Subscreve a nossa newsletter