Quaren10a: 10 filmes ligados à cultura Hip-Hop

Tendo em conta os acontecimentos mais recentes à escala global e a situaçaõ de quarentena que o nosso país se encontra a atravessar, a equipa Rap Notícias decidiu criar uma rubrica que liga esta situação à criação de conteúdo por cá.

Deste modo, apresentamos "QuarenTen" como a rubrica terá diferentes temáticas e conteúdos a serem partilhados no nosso site durante o referido periodo. A ideia geral da mesma reside numa escolha pessoal de 10 conteúdos ligados a um tópico comum escolhido pelos editores do nosso website mediante a sua disponibilidade e vontade de abordar cada assunto.

Neste primeiro artigo, decidimos escolher 10 filmes ligados ao movimento Hip-Hop.

Deixando um pouco de lado aqueles filmes mais populares, que certamente já viram e reviram centenas de vezes, todos os filmes que vos queremos apresentar neste artigo, preparado com o todo o conhecimento e cuidado, dará aos nossos seguidores (para quem ainda não conhece ou não está tão familiarizado) com as bases e de como é que a cultura ao longo dos anos foi crescendo, nem sempre em função ou do agrado de todos, mas quase sempre com o intuito de trazer algo de novo e não ficar estagnada sempre nas mesmas sonoridades.

De salientar ainda o facto de que, na maior parte dos 10 filmes que iremos compilar neste artigo, não serão de fácil acesso, pois não se encontram em plataformas de streaming pagas ou gratuitas, mas que com alguma pesquisa mais a fundo, certamente irão encontrar. 

Queremos ainda deixar um apelo a quem nos segue e a quem nos acompanha há já algum tempo, que se tiverem alguma sugestão de um ou outro filme que pudesse estar na lista e que não está, que deixasse na secção de comentários das nossas redes sociais, aquando da partilha do artigo.

 

WILD STYLE (1983)

"Wild Style" é talvez o filme mais importante sobre a cultura hip-hop, e na nossa opinião, o filme que melhor aborda a cultura em questão, onde se encontram presentes os quatro elementos que desde sempre formam aquilo a que hoje chamamos Hip-Hop: o MCing, DJing, graffiti e ainda o breakdance. O filme trata a efeverscência do crescimento do Hip-Hop nos anos 80 nos EUA, mais concretamente na cidade do Bronx, em Nova Iorque. Um filme super importante na história do movimento, que conta ainda com as participações dos lendários e icónicos Grandmaster Flash, o grupo Cold Crush Brothers, Fab 5 Freedy e Lee Quinones (lenda do graffiti).

KUSH GROOVE (1985)

"Kush Groove" é outro dos marcos cinematográficos importantes na história do Hip-Hop internacional, mais concretamente o norte-americano. Blair Underwood (o actor principal do filme), interpreta Russel Walker, que é uma personificação da história do lendário e icónico Russel Simmons, o nome que juntamente com Rick Rubin, criaram a inigualável e pioneira editora, Def Jam, que neste caso de ficção, adopta o nome de Kush Groove Records. O filme trata a luta e o empenho do personagem principal, em tornar a editora em questão, na líder de mercado musical, contando ainda com a participação de nomes essenciais como Rick Rubin, LL Cool J, Run D.M.C, Beastie Boys, entre outros.

BEAT STREET (1984)

Em mais um filme que retrata os primórdios do movimento Hip-Hop e na cidade que o viu nascer, em Nova Iorque, "Beat Street" é outro dos pilares cinematográficos que fazem parte das nossas escolhas, que mais uma vez engloba os quatro elementos. Neste filme dirigido por Stan Lathan, conhecemos a história de um apaixonado e fascinado pelo Hip-Hop, que mesmo com o vasto acesso a recursos e falta de dinheiro, irá fazer de tudo para ser bem sucedido de ser um grande DJ e tocar num dos locais mais conhecidos de Manhattan. "Beat Street" conta ainda nas suas fileiras com participações de pioneiros como DJ Kool Herc, Doug E. Fresh e ainda de Melle Mel & The Furious Five.

 SCRATCH (2001)

"Scratch", filme de 2001 dirigido por Doug Pray, é um documentário sobre um dos pilares da cultura Hop-Hop, o DJing, que explora o nascimento desta arte, assim como acompanha o seu crescimento, desde o local onde apareceu pela primeira vez, passando pela emancipação e da importância que os DJ's tiveram no crescimento do movimento, até à invenção de várias técnicas conhecidas como o scratching ou o beat juggling, para dar alguns exemplos. Para um melhor conhecimento desta arte, nada melhor que convidar nomes como DJ Shadow ou Grand Wizard Theodore, alguns dos artistas que fazem parte deste documentário.

STYLE WARS (1983)

E como não queremos deixar de fora os amantes de cada ramificação que completa esta cultura, e após termos feito referência a um documentário sobre a arte do DJing e sobre todas as vertentes num todo, queremos agora evidenciar "Style Wars", um documentário completamente virado para a arte do Graffiti, um dos elementos mais antigos do Hip-Hop, e que explora o seu aparecimento na década de 70, em Nova Iorque, dirigido por Tony Silver, e que há semelhança dos acima referidos, ajudam a perceber um pouco melhor a sua criação e a sua expansão mundial.

BREAKIN (1984)

Ainda na categoria de filmes que retratam as sub-culturas que fazem parte do movimento Hip-Hop, e depois do DJing e do Graffiti, agora queremos apresentar-vos "Breakin", que como o nome indica, tratando-se do filme essencial e ideal para todos aqueles que apreciam e adoram a arte do breakdance, numa espécie de "Dirty Dancing" da cultura Hip-Hop, como gostamos de chamar. A história prende-se por uma protagonista, Lucinda Dickey, dançarina de jazz, que se apaixona por um jovem apaixonado por breakdance. Juntos e formando um grupo de dança, o objectivo passa por se tornarem da grande sensação do momento nas ruas.

FREESTYLE: THE ART OF RHYME (2000)

Não podíamos fazer uma lista de 10 filmes importantes sobre a cultura Hip-Hop, sem mencionar o "Freestyle: The Art Of Rhyme", outro documentário importante na história do movimento, dirigido por Kevin Fitzgerald e que como o nome indica, aborda aquela que é uma das sub-culturas mais impressionantes e cativantes: o improviso de rimas. Apresentando imagens raras e material nunca antes conhecido. O documentário aborda a sua criação e o seu aparecimento, passando por entrevistas e pela própria arte de improviso, contando com participações de rappers como Mos Def, Planet Asia, Eminem, Crazy Legs, entre outros.

BEATS, RHYMES AND LIFE: THE TRAVELS OF A TRIBE CALLED QUEST (2011)

Em 2011, o popular jornalista Michael Rapaport, decidiu homenagear a brilhante e lendária carreira dos icónicos A Tribe Called Quest, um dos grupos de Hip-Hop mais importantes da história do movimento e que se tornaram em lendas de culto para todas as gerações que vieram a seguir. Focando-se, claramente, na história desde o nascimento do grupo em 1985, abordando alguns aspectos que são de pouco conhecimento do público comum, este é um dos documentários/filmes que certamente deverá fazer parte da nossa selacção e do vosso reportório.

HUSTLE & FLOW (2005)

Num cenário mais ficcional do que todos os outros filmes/documentários que estamos a apresentar neste artigo, "Hustle & Flow" não poderia ficar de fora da nossa lista de escolhidos. Estrelado pelo popular actor Terrence Howard, o filme dirigido por John Singleton e Craig Brewer, conta a história de DJay, um aspirante a rapper, que depois de se reencontrar com um velho amigo de infância seu, está inserido no negócio da música, decide largar a vida do crime, para procurar se tornar num rapper. De salientar que a história deste filme, poderá ter dado a ideia da mundialmente conhecida série da Fox, "Empire".

STRAIGHT OUTTA COMPTON (2015)

Por fim, mas não menos importante, fechamos este artigo, naquele que é para (na minha humilde opinião), o melhor filme biográfico e que retrata na perfeição a história e todo a trama em volta do filme. Falamos de "Straight Outta Compton", conhecido filme dirigido por Felix Gary Gray, que nos conta a história dos lendários N.W.A, grupo que quebrou barreiras e elevou o hip-hop feito na Costa Oeste, para outro patamar. Contando com a produção de Ice Cube e Dr.Dre, dois dos membros, poderemos assistir à criação, ascensão e popularidade do colectivo norte-americano. No filme ainda poderão contar com a "entrada" de algumas personagens importantes, como Snoop Dogg, 2Pac, Warren G, entre outros, que fazem parte da história e do crescimento da consolidação do rap na Califórnia.

Por fim, queremos deixar explicítio que isto não são os 10 melhores filmes/documentários relacionados com Hip-Hop, mas sim uma escolha feita em conjunto entre todos os membros da equipa Rap Notícias, daqueles que para nós fazem todo o sentido, os nossos seguidores e quem nos acompanha, ficarem a conhecer, que abordam as bases e aprofundam o conhecimento sobre este cultura que nos acompanha 365 dias por ano.

 

Artigo por Bruno Marques

Newsletter

Subscreve a nossa newsletter