SJ TheDaily - шаблон joomla Форекс

Concerto: Semana Académica de Lisboa - Dia 13

Na noite da passada sexta-feira estivemos na Ajuda para reportar na primeira pessoa o dia mais aguardado da Semana Académica da cidade de Lisboa.

A "nossa" noite começou com a presença de Jimmy P. no palco principal. O rapper tinha actuado na Queima das Fitas da cidade de Coimbra uns dias antes e a nossa equipa tinha estado presente no evento que foi anteriormente reportado aqui no site.

Como é natural, o formato do concerto foi o mesmo, e mais uma vez o público ansiava por ouvir o rapper ao vivo. É notável a rotina de concertos por parte de Jimmy e da sua banda, assim como o avontade em palco que transparecem um espetáculo totalmente plaenado ao pormenor.

O resto da noite ficávamos pelo palco secundário que tinha Sensi como o dono de uma curadoria recheada de grandes nomes do panorama de rap nacional que mais tem vindo a ser falado ao longo dos últimos tempos.

Assim sendo, depois do seu próprio DJ Set acompanhado por Bob Da Rage Sense (o host da noite), sensi passou a vez nos pratos a Sam The Kid.

Um dos expoentes máximos da nossa cultura tem vindo a tocar com regularidade e, tem sido para nós um hábito ouvir os seus sets que, como já referimos anteriormente, tem crescido em qualidade a olhos vistos.

Assim sendo, por esta ordem tivemos Mishlawi, o talento da Bridgetown, a tocar ao vivo os seus já bem conhecidos temas "Always on My Mind" e "All Night". De seguida Kristóman, que anunciou ontem o lançamento do álbum "Remédio Santo" para o próximo dia 26, tocou os seus dois singles "B-Boy Dance" e "Eu Admito". Passava a vez para o host Bob com o seu clássico "Andar a Chuva" com produção a cargo de Sam the Kid. Em quarto lugar Bispo subia a palco para ouvirmos "Olho Gordo" e "Lembra-te", dois singles oficiais do seu bem-recebido álbum "Desde a Origem". Sir Sratch dava continuação a esta noite de "all-stars" com os aclamados "Pishback" e "Tendências", temas presentes no seu álbum "Em Nosso Nome". Os GROGNation eram dos nomes mais aguardados da noite e tiveram oportunidade de brindar os seus fãs e seguidores com "Shots de Grog", "Na Via" e "Voodoo", sobrando ainda tempo para o membro do colectivo, Harold, apresentar ao vivo o seu mais recente single "Safari". Tekilla surgia na sétima posição do alinhamento e para além do conhecido "Sinónimo", apresentava em primeira mão "Tudo de uma Vez" e "Struggle", dois temas inéditos de um projeto que se encontra agora na sua fase final de construção. Para fechar esta parte, Zuka tocou "Sentadinha" passando o resto da noite para as mãos de DJ Big.

Um dos DJ's com mais nome e que mais tem tocado de norte a sul do país, conseguiu assegurar o público presente até aos últimos segundos da festa com um DJ Set recheado de bangers misturados com temas clássicos para qualquer fã do género que tomara conta daquele palco nesta noite.

É de facto um marco vermos a nossa cultura e membros integrantes da mesma, tomarem conta de dias inteiros de festivais a nível nacional. tornando na maioria das vezes os dias dos respectivos eventos, os com mais influência a nível de público.

A reportagem fotográfica da noite ficou a cargo de André Ferrão que se estreou "ao serviço" do nosso site nesta mesma noite.

Texto por João Moura; Fotografia por André Ferrão

Newsletter

Subscreve a nossa newsletter